sábado, 23 de setembro de 2017

Confrontos entre PM e bandidos deixam 3 mortos e 4 feridos no Rio


Polícia acredita que os criminosos têm ligação com a quadrilha que está na favela da Rocinha

Tiroteio em um dos acessos à favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio de Janeiro, fecha a autoestrada Lagoa-Barra nos dois sentidos. (José Lucena/Folhapress)
Dois confrontos entre policiais militares e criminosos deixaram três homens mortos, três presos e quatro feridos na Usina e no Alto da Boa Vista, na Grande Tijuca, na tarde deste sábado, no Rio de Janeiro. Um adolescente de 13 anos foi ferido por um tiro, segundo a PM, e encaminhado ao Hospital Souza Aguiar.

A Polícia Civil informou que os criminosos têm ligação com a quadrilha que está na favela da Rocinha, pois a comunidade de São Conrado é ligada pela mata a vários outros bairros do Rio, através do Parque Nacional da Tijuca, área coberta por mata atlântica, com muitas trilhas em seu interior.

Armas apreendidas

De acordo com a PM, os policiais estavam patrulhando o local quando se depararam com homens fortemente armados, em duas ocorrências distintas. Uma na Usina e outra no Alto da Boa Vista, bairros vizinhos. Pelos menos dois fuzis e uma pistola foram apreendidos.
O cerco da polícia também se estende a outros bairros abrangidos pela Floresta da Tijuca, como Santa Teresa e Morro do Turano. O objetivo é evitar que os criminosos que estão acuados na Rocinha escapem ou que outros traficantes venham dar apoio a eles.
No Morro do Vidigal, favela vizinha perto da Rocinha, cinco homens foram presos na tarde deste sábado. Com eles, a polícia encontrou dinheiro, drogas, um caderno com anotações do tráfico e cinco rádios de comunicação.

Rocinha

Na madrugada e na tarde deste sábado, houve intensas trocas de tiros na Rocinha, que está cercada desde sexta por 950 homens das Forças Armadas. A Rocinha é alvo de operações diárias da PM desde o último domingo, quando houve confrontos entre grupos de traficantes rivais pelo controle de pontos de venda de droga da comunidade.
Após uma denúncia, foi preso na Ilha do Governador o traficante Luiz Alberto Santos de Moura, conhecido como Bob do Caju. Aliado de Nem da Rocinha, ex-líder do tráfico na comunidade, detido em um presídio federal em Rondônia, Bob se preparava para uma ação na Rocinha, segundo a PM.
(Com Agência Brasil e Estadão Conteúdo)


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

LER MAIS:

Seguidores

BLOG ZAP NOTÍCIAS

BLOG ZAP NOTÍCIAS

ALTER DO CHÃO

ALTER DO CHÃO

MULTY AMARGO

MULTY AMARGO

NOTÍCIAS ATUALIZADAS

NOTÍCIAS ATUALIZADAS

DISTRIBUIDORA ATACK

DISTRIBUIDORA ATACK

Venha conferir nossos preços

Venha conferir nossos preços

Venha fazer suas compras aqui

Venha fazer suas compras aqui

Publicidade:

Publicidade: