segunda-feira, 3 de julho de 2017

Ex-ministro Geddel Vieira Lima é preso pela Polícia Federal na Bahia


Geddel Vieira Lima foi preso preventivamente pela Polícia Federal nesta segunda-feira (3), na Bahia. O Ministério Público Federal argumenta que o ex-ministro da Secretaria de Governo de Michel Temer agiu para atrapalhar investigações.
A prisão se baseia em informações dadas em depoimentos recentes do doleiro Lúcio Bolonha Funaro, do empresário Joesley Batista e do diretor jurídico do grupo J&F, Francisco de Assis e Silva – os dois últimos em acordo de colaboração premiada.
De acordo com o MPF, Geddel atuava para evitar que o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e o próprio Lúcio Funaro firmem acordo de colaboração com os investigadores. Ele teria atuado para assegurar que ambos recebessem vantagens indevidas, além de “monitorar” o comportamento do doleiro para constrangê-lo a não fechar o acordo.
O mandado de prisão foi assinado pelo juiz Vallisney Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal no Distrito Federal.
Geddel é o quinto preso preventivamente no âmbito das investigações da Operação Sépsis Cui Bono. Cunha, Henrique Eduardo Alves, Lúcio Funaro e André Luiz de Souza já estão presos. Como destaca o G1, todos são apontados como integrantes da organização criminosa que atuava na Caixa Econômica Federal (CEF).
Fonte- Notícias ao Minuto
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

LER MAIS:

Seguidores

BLOG ZAP NOTÍCIAS

BLOG ZAP NOTÍCIAS

ALTER DO CHÃO

ALTER DO CHÃO

MULTY AMARGO

MULTY AMARGO

NOTÍCIAS ATUALIZADAS

NOTÍCIAS ATUALIZADAS

DISTRIBUIDORA ATACK

DISTRIBUIDORA ATACK

Venha conferir nossos preços

Venha conferir nossos preços

Venha fazer suas compras aqui

Venha fazer suas compras aqui

Publicidade:

Publicidade: